¿Cuánto REALMENTE vale un Bitcoin en el 2020 y qué le da ...

O Bitcoin (Brasil)

O [bitcoin](http://en.wikipedia.org/wiki/Bitcoin) ([2009, paper técnico](https://bitcoin.org/bitcoin.pdf)) funciona principalmente como um dinheiro digital. Com aceitação mundial (Dell, Microsoft, Overstock etc.) o bitcoin tem características que faz dele uma excelente forma de armazenamento e transferência de valor. > “**[Bitcoin] é a Internet do dinheiro**; não é apenas um dinheiro para a Internet. [...]” *Andreas Antonopoulos*
[link]

Acciones o FCI que sigan el valor de las BTC

buenas, consulto, hay alguna accion, cedear, fondo o algo de IOL que siga el valor de las bitcoin ? quiero invertir pero sin comprar directamente las BTC, gracias!
submitted by kaiser_ajm to merval [link] [comments]

¿De dónde emana el valor de un Bitcoin?

¿De dónde emana el valor de un Bitcoin?

Por una parte, los Bitcoins reúnen todos los requisitos para ser aceptados como dinero: son intercambiables, durables, portables, divisibles, seguros, infalsificables, etc. Por otra parte, éstas y todas las ventajas comentadas anteriormente (protección contra la inflación, descentralizados, sin gastos, inmediatos, etc.) suponen que la gente confíe en este sistema.
Es precisamente esta confianza la que otorga valor a cualquier moneda: en Europa podemos adquirir vienes a cambio de Euros porque tanto compradores como vendedores confiamos en los gobiernos que respaldan la moneda.
El valor de un Bitcoin se puede corresponder con cualquier cosa (es decir, intercambiar por lo que sea: juguetes, comida, servicios, etc.) Sin embargo, solemos tomar como referencia su contraposición con respecto a otras monedas soberanas (como el Dólar o el Euro). A fecha del 2017, el cambio BTC/USD ronda en torno a los 13.000$, a saber: 1 BTC = 13.000$ ¿una burrada verdad?
La buena noticia es que los Bitcoins se pueden fraccionar en Satoshi, siendo que 10 Millones de Satoshis = 1 Bitcoin. Así la gran mayoría de los usuarios manejamos Satoshis, por ejemplo: 100 USD = 640,90 Satoshi (lo que supone= 0.00640900000 BTC).
submitted by Cryptonewbies to u/Cryptonewbies [link] [comments]

Polícia PRENDE grupo ACUSADO de ROUBO de BITCOINS/ Moeda FAMOSA DESPENCA 20% do seu VALOR em 1 DIA - Dicas sobre Bitcoin - mais rápido rápido

submitted by infocryptocoins to CertificadoDigital [link] [comments]

Semana Maravilhosa na Bolsa de Valores !! Hoje Lucro R$ 1.850,00 Day-Trade + 6 Vitalícios + PLACAR ! - Dicas sobre Bitcoin - Ganhe dinheiro

Semana Maravilhosa na Bolsa de Valores !! Hoje Lucro R$ 1.850,00 Day-Trade + 6 Vitalícios + PLACAR ! - Dicas sobre Bitcoin - Ganhe dinheiro submitted by infocryptocoins to CertificadoDigital [link] [comments]

Nueva criptomoneda aparece en Binance y sube un 1,490% en un mes. Su precio se acerca al valor de Bitcoin

Nueva criptomoneda aparece en Binance y sube un 1,490% en un mes. Su precio se acerca al valor de Bitcoin submitted by raaner12 to CryptoMonedas [link] [comments]

Hay más de 13 mil direcciones de Bitcoin por valor de 1 millón de dólares

Hay más de 13 mil direcciones de Bitcoin por valor de 1 millón de dólares submitted by raaner12 to CryptoMonedas [link] [comments]

Bolsa de valores hoje com investimento em ações | EUR – USD ($1.000,00) - Dicas sobre Bitcoin - Ganhe dinheiro

Bolsa de valores hoje com investimento em ações | EUR – USD ($1.000,00) - Dicas sobre Bitcoin - Ganhe dinheiro submitted by infocryptocoins to CertificadoDigital [link] [comments]

[delirio] Idea para fabricar plata de la nada

Acabo de tener una idea estupida super genial: comprar bitcoins con tarjeta de credito en cuotas. Cuando tenga que pagar las cuotas de la tarjeta dentro de un par de meses el valor de los bitcoins va a haber aumentado lo suficiente como para ¡cubrir la cuota y seguramente dejar una ganancia!
¿No es genial? ¿Será que podría funcionar en serio?
submitted by pepitolander to ArgenBitcoin [link] [comments]

Bitcoin atingirá US $ 1 trilhão em valor de mercado até 2025, diz estudo

Bitcoin atingirá US $ 1 trilhão em valor de mercado até 2025, diz estudo submitted by mateusti to BitcoinBrasil [link] [comments]

AirTM: tu cuenta de dólares en la nube (via bitcoin)

Hola /ArgenBitcoin,
este es un x-post de otro en /bitcoin.
La verdad es que los administradores de ese SR no encontraron la relación entre AirTM y BTC y decidieron borrar mi post. Si están leyendo esto significa que sus moderadores entienden un poco mejor, ya verán de lo que hablo.
Antes quiero explicarles el motivo de AirTM.
AirTM es una herramienta construida a partir del API de [Bitreserve](bitreserve.org). Bitreserve permite que la gente conserve el valor de sus bitcoins atreves del tiempo por medio de la compra de otras divisas mas estables como los USD.
Con Bitreserve, un usuario puede comprar dólares en la nube, los puede ahorrar, mandar y recibir. Tener esta habilidad, podría solucionar los problemas de alguien viviendo en un país como el suyo donde ahorrar, mandar o recibir pagos de fuera es un lío. ¿O No?
Hay solo un problema, y creo que ya saben cual es. Para acceder las maravillas de Bitreserve, uno necesita pasar atreves de bitcoin. Se que para ustedes esto no es un limitante pero todos sabemos la verdad, el proceso de convencimiento para lograr que alguien no tech savvy recurra al bitcoin es interminable y casi imposible. Creemos que Bitreserve y bitcoin tienen una tecnología fuera de este mundo pero conllevan una barrera gigantesca para su adopción. Por esto creamos AirTM.
AirTM, es la plataforma mas sencilla para que cualquier persona pueda acceder a estas bit-maravillas. Con AirTM, se pueden hacer depósitos con moneda local, se puede ahorrar en dólares, se pueden hacer y o recibir pagos en dólares desde cualquier parte del mundo y a cero costo, y se pueden hacer retiros en moneda local por medio de una simple transferencia bancaria en cualquier momento.
Ahora si, les tengo un reto: explíquenle a su padre como ahorrar y a su tío como comprar mercancía China usando bitcoin, posteriormente muéstrenles el video demo de AirTM, y hagan la misma explicación. Creo que ya saben a lo que voy…
Sin mas por ahora les dejo el post original con los detalles de nuestro lanzamiento privado en Argentina la siguiente semana. Nos vemos ahi.
Hey /bitcoin:
Antonio and Ruben from AirTM back again to give you an update on our progress.
We announced AirTM here one month ago and we received lots of requests for invitations to our private beta. People from over 30 countries signed up at airtm.io, with lots from Argentina.
That’s great, because we’re getting ready to launch our private, invitation-only beta in Argentina on August 24th.
What’s AirTM all about?
AirTM connects Clients who want to deposit/withdraw local currency to/from Bitreserve’s cloud money system with Cashiers who help complete those transactions. AirTM Cashiers are mostly local bitcoin brokers and AirTM should have a positive impact on BTC by increasing demand.
If you’re from Argentina and you want to hold USD to preserve wealth against the devaluation of the Peso, AirTM was built for you. AirTM is your USD account in the cloud. No more risky, time-consuming, and expensive cash exchange transactions en las cuevas.
It’s easy, safe, and low-cost to deposit and withdraw ARS to and from your USD AirTM account. AirTM cashiers always give the blue rate for ARS/USD.
Or maybe you’re a web developer or designer living in Argentina and receiving payments from the US. AirTM is a lot cheaper, faster, and safer than receiving a bank transfer. Payments to and from your USD AirTM account are instant and free, and because your USD is in the cloud, it can’t be confiscated and can be accessed from anywhere on the world.
Or maybe you’re from the US but you’ll be spending a lot of time in Argentina. With AirTM you can withdraw ARS from your USD AirTM account whenever you need local currency.
Check out our Spanish-language Demo Video.
Money in the cloud where you want it, cash in your hand when you need it. That’s AirTM.
We’re here to make money your friend again.
We’ll be sending $10 to the first 200 AirTM clients in Argentina, so grab your invite at airtm.io today.
Sincerely,
Ruben & Antonio
*Edit: Title.
submitted by airtm_ruben to ArgenBitcoin [link] [comments]

O valor da transações de Bitcoin atinge US $ 1,3T ultrapassando o PayPal.

O Bitcoin, a maior criptomoeda do mundo por capitalização de mercado, atualmente enxerga muito mais em valor anual transacionado do que o PayPal e fica atrás apenas da Visa.
Argumenta-se que o bitcoin, devido a problemas de escala, não pode coincidir com as velocidades de transação alcançadas por alguns dos serviços de pagamento tradicionais.
No entanto, essa ideia não tem peso algum quando se trata de debates Bitcoin versus PayPal.
Maior que o PayPal
O analista de criptografia da ARK Invest, Yassine Elmandjra, diz que o valor em dólar da transação total de bitcoins superou o do PayPal por uma ampla margem. A moeda criptográfica também ultrapassou o valor transacionado do cartão de crédito Discover.
De acordo com o analista de Nova York, o valor transacionado de US $ 1,3 trilhão do Bitcoin, visto em 2018, é apenas "uma ordem de magnitude" distante do principal processado pela Visa.

https://mbcoin.net/blog/volume-de-transacoes-de-bitcoin-supera-o-paypal/
submitted by resetsymbol to mbcoinpt [link] [comments]

Mineração de Bitcoin em Português Claro

Por David Perry
Meus leitores regulares provavelmente já devem estar cientes de que eu estou mais do que envolvido com o Bitcoin. Se você não sabe o que é Bitcoin – bem, primeiramente, você provavelmente está lendo o artigo errado, mas vá em frente e assista este vídeo (http://www.youtube.com/watch?v=Um63OQz3bjo) e você, provavelmente, se inteirará do assunto. Um dos pontos mais comumente confusos para os novos Bitcoiners é o conceito de mineração (http://www.weusecoins.com/en/mining-guide). A maioria dos novatos em Bitcoin não consegue ter uma boa compreensão do conceito e praticamente todo artigo sobre o assunto (incluindo este) vai preveni-lo que o assunto é altamente técnico e não é para os fracos de coração.
E ainda, o tópico sobre mineração parece ser a fonte da maioria das perguntas sempre que eu converso com alguém sobre Bitcoin – e por que seria diferente? Ele é o mecanismo pelo qual a moeda é emitida, e emissão é um tópico de importante compreensão se você for usar e confiar em uma moeda; e o mecanismo de emissão do Bitcoin é, infelizmente, bastante complexo e técnico. Este artigo irá tentar quase o impossível: uma minuciosa explicação sobre como funciona a mineração, mas sem qualquer um dos detalhes específicos que podem assustar os leigos na sala.
Agora eu vou tentar meu máximo para evitar termos técnicos, mas existem alguns conceitos e termos fundamentais que são absolutamente vitais de entender se você quiser quebrar a cabeça minerando. Eu vou reduzi-los ao mínimo e explicá-los da forma mais simples possível.
Então o conceito básico de mineração de Bitcoin é que há um pequeno pacote de cada bloco onde estão contidos dados aleatórios e sem sentido, e mineradores de Bitcoin pegam todos os dados do bloco atual, embaralham esse pacote aleatório e calculam o hash da coisa toda. Lembre que enquanto hashes são fáceis de reproduzir, eles são impossíveis de prever e parecem funcionar de forma randômica, então o minerador não tem uma forma de prever qual pacote de dados aleatórios vai produzir o hash “vencedor”, ele pode apenas permanecer convertendo aquele pacote até obter o resultado que ele está procurando. Eventualmente, alguns mineradores acham em algum lugar um pacote de dados aleatórios que produz um hash que é menor que um determinado valor, o qual é determinado pela dificuldade, e submetem esse bloco acompanhado de seu hash à rede Bitcoin. Uma vez que a rede confirme que a solução está correta, o minerador é recompensado com um número de Bitcoins.
O número de Bitcoins na recompensa depende de determinado número de fatores. Há uma recompensa base incluída em cada bloco para encorajar a atividade de mineração enquanto o Bitcoin ainda está nos estágios iniciais – atualmente a recompensa é de 50 bitcoins, mas de vez em quando a recompensa é cortada ao meio até eventualmente chegar a zero. Algumas transações cobram uma taxa de transação, que também vai para os mineradores. Futuramente essas taxas de transação serão a única recompensa pela mineração, mas a esperança é que nesse período haverá transações suficientes (e, portanto, taxas suficientes) para fazê-la valer a pena.
Bem no início, o número de mineradores e a qualidade de seus equipamentos era tão baixa que o que eu descrevi acima era tudo o que existia: um punhado de computadores domésticos fazendo um monte de cálculos matemáticos na máxima velocidade e a maioria deles conseguia alguns milhares de Bitcoins a cada dia. Hoje, entretanto, já existem tantos mineradores e seus equipamentos são tão mais rápidos que U$ 1000 em equipamento para mineração iria gastar entre dois a três meses trabalhando antes de conseguir resolver o primeiro bloco. Algo precisava ser feito.
Grupos de mineração surgiram para resolver este problema. O conceito é simples: Um punhado de mineradores trabalham juntos para resolver blocos e quando o grupo resolve um, eles dividem seus ganhos da forma que acharem mais justa. Existem, é claro, divergências entre os grupos sobre qual a melhor forma de dividir os lucros, mas esta discussão bastante técnica é para outro artigo.
Estes são os mecanismos básicos, mas existem algumas coisas importantes que podem não ter ficado óbvias à primeira vista
Se algo não está claro ou se você acha que há algo que valha a pena ser acrescentado, deixe-me saber nos comentários e eu farei meu melhor para deixar todos felizes!
Atualização: Este post tem ganhado muita atenção ultimamente e eu tenho sido inundado de comentários com variações da mesma pergunta: “Para qual propósito serve a mineração?”.
A resposta é dupla:
Distribuir moedas é uma tarefa fácil se você tem uma autoridade central – essa autoridade simplesmente imprime algum dinheiro e decide para quem dá-lo. Quando você não tem uma autoridade central e você não quer nenhum idiota imprimindo toneladas de moeda a vontade e destruindo seu suprimento de moedas com inflação, você tem alguns problemas complicados para resolver. Mineração resolve esse problema ao incluir um difícil problema de “proof-of-work” em cada protocolo do Bitcoin para o qual a recompensa é uma unidade de moeda.
Essa é a parte da explicação que fica longa e complicada – realmente longa e complicada. É a toca do coelho e mais um pouco, mas se você está disposto a descer por esse buraco do coelho, o melhor lugar para começar é provavelmente este post (http://www.mail-archive.com/[email protected]/msg09997.html) do criador do Bitcoin Satoshi Nakamoto. Para uma explicação mais generalizada, eu recomento o artigo da Wikipedia (http://en.wikipedia.org/wiki/Proof-of-work_system) sobre sistemas de “proof-of-work”. A versão curta da explicação: é um método para resolver transações conflitantes e prevenir gastos duplos. Texto de origem http://codinginmysleep.com/bitcoin-mining-in-plain-english/
Tradução por: Sarah Alexandre
submitted by allex2501 to BrasilBitcoin [link] [comments]

Bitcoin: entre o jogo especulativo e a tentativa de virar meio de troca

Criada após a crise de 2008 como uma alternativa ao controle e tributação dos bancos, a moeda virtual bitcoin vê sua imagem negativa aumentar enquanto estimula o surgimento de outras. O governo dos Estados Unidos chegou a autorizar seu uso em campanhas políticas no mês passado. Nesta semana, o Brasil ganhou a primeira loja física de venda de bitcoin, em Curitiba, ao exemplo de Nova York e Londres. Em São Paulo, foi instalado nesta sexta-feira (20) um caixa eletrônico de bitcoins. Para especialistas consultados pelo JB, contudo, é mais fácil que o seu modelo venha a se tornar uma referência no futuro do que o próprio se fortaleça e vigore por muito tempo.
Em dezembro, estudo do Congresso dos Estados Unidos apontou para o perigo que a moeda virtual pode oferecer à política monetária do Fed - Banco Central norte-americano, caso sua escala de utilização cresça substancialmente. Paul Krugman, prêmio Nobel de economia, chegou a se manifestar contra o uso da moeda, chamando-a de "sonho impossível".
Jorge Stolfi, professor do Instituto de Computação da Unicamp, Ph.D. pela Stanford University, em conversa com o JB por telefone, esclareceu que o bitcoin pode ser uma boa alternativa para quem gosta de especular e ganhar dinheiro, mas não aconselha seu uso como meio de pagamento e reserva. Samy Dana, professor da FGV-SP, por sua vez, reforça que nem podemos chamá-lo de moeda, já que não possui reserva de valor e nem funciona efetivamente como um meio de troca.
Os bitcoins se apresentam, ao mesmo tempo, como um meio de pagamento e um fundo de reserva, transferido de pessoa a pessoa, sem o intermédio de instituições financeiras ou submissão a governos. Ao registrar uma conta com bitcoins na web, o dono não precisa informar suas informações pessoais, nem mesmo o nome. Pelo anonimato, inclusive, ele tem servido para compra e venda de bens controlados, como armas e drogas, mas também tem sido aceito por uma parcela do comércio tradicional, que alega facilidade na transação e ausência de tributos e taxas.
Jorge Stolfi é cético em relação ao bitcoin. Do ponto de vista técnico, reforça, parece funcionar muito bem: alguém cismou que seria bom ter um sistema de pagamento pela internet sem depender de intermediários em banco, e bolou um sistema em que a pessoa poderia abrir ela mesma uma conta e criar número e senha. Para realizar um pagamento, um cheque eletrônico seria utilizado, cuja veracidade pode ser verificada por outras pessoas, sem a possibilidade da "assinatura" ser falsa. Voluntários gerenciariam a planilha de contas, registrando a validade dos cheques. Como recompensa, receberiam um determinado número de bitcoins a cada bloco verificado.
A dinâmica do sistema, contudo, é complicada, e fica mais complexa conforme aumentam as transações - de propósito. "Está funcionando, com alguns entusiasmados. A ideia original era que esse sistema permitiria fazer pagamento internacional ou pela internet, sem depender de banco e sem ter pagar as taxas que os bancos normalmente cobram, que são bastante salgadas, principalmente as internacionais. Outra questão era o anonimato. De fato, ninguém pode controlar esse sistema, não tem como confiscar o dinheiro. Como a quantidade de dinheiro é fixa, não tem inflação", explica Stolfi.
O valor de cada bitcoin sobe de acordo com as movimentação. Quando começou, lembra Stolfi, não valia uma fração de centavo, mas foi oscilando, até chegar ao maior nível de US$ 1.200 em dezembro. No ano passado, foram US$ 100 milhões em transações com a moeda virtual. "Ela pode ser atrativa se a pessoa gosta de especular. Se a pessoa tem sorte, consegue fazer dinheiro com isso. Quem comprou em setembro conseguiu multiplicar o investimento por dez, quem comprou em novembro perdeu a metade."
A questão é que as vantagens apresentadas no início não têm se mostrado tão vantajosas assim. Muitas histórias de roubo foram registradas, especialmente nas chamadas bolsas de troca. Dezenas delas foram invadidas por hackers que roubaram todos os bitcoins. Ainda fica a dúvida, destaca Stolfi, se foram realmente hackers ou os próprios donos do sistema que aplicaram os golpes. O Brasil já registrou um caso de roubo e o Japão protagonizou o maior deles, no início do ano, quando a bolsa com sede em Tóquio Mt. Gox entrou com pedido de falência depois de comunicar a perda de 750 mil bitcoins em um ataque.
"Ninguém sabe direito o que aconteceu lá. Esse é um problema, pouca segurança. Como não é oficial, a polícia não consegue dizer se houve ou não crime. E a intenção das pessoas que desenvolveram era justamente fugir do controle dos bancos e governos", comentou Stolfi.
O Bitcoin e sua função como moeda
Sami Dana, professor de economia na FGV-SP, não acredita que o bitcoin tenha características de uma moeda, independentemente da legalidade, já que, para ser considerada moeda é preciso que tenha reserva de valor e funcione como um meio de troca. A maioria das pessoas, exemplifica, não aceitaria receber o salário em bitcoins.
"O que existe é uma especulação. A pessoa compra não para usar, mas para revender mais caro. O bitcoin está longe de ser considerado uma moeda. O meio de negócio, o modelo, de ser mais eficiente, de tentar ser mais transparente, é interessante, mas enquanto não tiver fundo de reserva nem funcionar como meio de troca não é uma moeda. O que eu vejo é um jogo especulativo. A revolução prometida, em tese, pode acontecer, mas com essas propriedades sua capacidade é bem limitada", explicou Dana.
Em fevereiro, o Banco Central brasileiro fez uma série de esclarecimentos acerca de moedas virtuais. Entre eles que, em função do baixo volume de transações, da baixa aceitação como meio de troca e da falta de percepção clara sobre sua fidedignidade, a variação dos preços pode ser muito grande e rápida, podendo até mesmo levar à perda total de valor; e que a eventual aplicação, por autoridades monetárias de quaisquer países, de medidas prudenciais, coercitivas ou punitivas sobre o uso desses ativos, como fez a China no ano passado, pode afetar significativamente o preço de tais moedas ou mesmo a capacidade de sua negociação.
O Banco Central alertava ainda para uso em atividades ilícitas e que o armazenamento nas denominadas carteiras eletrônicas apresenta o risco de que o detentor desses ativos sofra perdas patrimoniais com ataques de criminosos. "No Brasil, embora o uso das chamadas moedas virtuais ainda não se tenha mostrado capaz de oferecer riscos ao Sistema Financeiro Nacional, particularmente às transações de pagamentos de varejo (art. 6º, § 4º, da Lei nº 12.685/2013), o Banco Central do Brasil está acompanhando a evolução da utilização de tais instrumentos e as discussões nos foros internacionais sobre a matéria."
O bitcoin atingiu a marca de US$ 1.200, explica Stolfi, quando os chineses descobriram o potencial da moeda e dezenas de milhares deles a compraram para especular nas bolsas. O governo da China, então, proibiu o câmbio de bitcoins e depois decidiu que contas bancárias usadas por empresas que operam a moeda seriam congeladas. A única utilidade da moeda no país asiático agora seria a especulação. A questão, esclarece Stolfi, é que quando a moeda começa a conquistar uma presença muito forte em determinado país, este tenta limitar sua força.
Além disso, continua Stolfi, outras moedas apareceram na segunda metade do ano passado, quebrando o monopólio dos bitcoins. A Dog Coin chegou a se tornar a quarta moeda criptográfica em termos de circulação. No Brasil, foram criadas três ou quatro, uma delas intitulada Dilma Coin, outra Samba Coin. "Vários empreendimentos aparecem e tentam explorar o bitcoin. Infelizmente, é muito difícil encontrar no mundo do bitcoin algum investimento que seja honesto. Mas, no futuro, podemos ter alguma coisa parecida. Uma minoria ainda acredita no sucesso e briga bastante, principalmente os que investiram nele."
Atualmente, o sistema anterior que utilizava alguns colaboradores passou a fazer uso de uma dúzia de empresas comerciais. O negócio, porém, é difícil e competitivo, e vai encontrando maiores dificuldades tecnológicas. É preciso ter um equipamento de última geração para realizar o gerenciamento, que em três meses pode não servir mais, esclarece Stolfi.
Fonte JORNAL DO BRASIL
submitted by brasilbitcoin to BrasilBitcoin [link] [comments]

A moeda virtual bitcoin ganha simpatia; isso é bom?

São Paulo - O americano Sapan Shah, de 24 anos, é dono de uma franquia da rede de lanchonetes Subway em Allentown, no estado americano da Pensilvânia. Até novembro, seus clientes pagavam os sanduíches com dinheiro ou cartão. Mas Shah, um entusiasta de tecnologia, decidiu inovar.
Depois de ler notícias de que restaurantes na Rússia já aceitavam a moeda virtual bitcoin como forma de pagamento, resolveu seguir o mesmo caminho. Além de despertar a curiosidade de parte dos 110 000 habitantes de Allentown, Shah ganhou as páginas de dezenas de sites e jornais americanos como o primeiro lojista de uma grande rede a aceitar o bitcoin — uma moeda virtual gerada de um software desenvolvido por um grupo anônimo de programadores.
“Queria algo que pudesse me livrar das altas taxas cobradas pelos cartões”, afirma Shah. O salto de popularidade da moeda veio pouco depois. Em meados de novembro, Ben Bernanke, presidente do Federal Reserve, o banco central americano, deu a primeira declaração oficial sobre o tema.
“As moedas virtuais serão promissoras no longo prazo caso permitam pagamentos rápidos, seguros e eficientes”, escreveu, sem mais detalhes, numa carta enviada ao Senado. No mesmo dia, o valor de um bitcoin subiu 50%, para 785 dólares. No fim de novembro, já valia 1 000 dólares.
A grande diferença entre o bitcoin e o sistema monetário tradicional é a ausência de um banco central que controle a emissão de dinheiro. No caso do bitcoin, isso é feito por um software desenvolvido no fim de 2008 por programadores cuja identidade até hoje não é conhecida.
O software foi programado para automaticamente propor problemas matemáticos pela internet ao longo de anos. Para os que conseguem realizá-los primeiro, o software envia um código que equivale a uma unidade da moeda. Os ganhadores podem guardar o código, usá-lo para fazer uma compra ou trocá-lo por uma moeda tradicional em casas de câmbio.
Quem não tem aptidão matemática pode simplesmente ir a uma dessas casas de câmbio e comprar a moeda. “Nunca houve um dinheiro paralelo tão popular, com operações entre vários países”, diz o inglês Garrick Hileman, professor de história econômica da London School of Economics.
Apesar da expansão inédita, a primeira impressão é que o barulho gerado pela moeda ainda é muito maior do que sua relevância para o sistema financeiro. Em todo o mundo, apenas 12 000 estabelecimentos aceitam os bitcoins — só a região do Brás, em São Paulo, tem 5 000 lojas.
O volume financeiro transacionado por bitcoins hoje é de 12 bilhões de dólares. Para comparar com outras modalidades, o sistema de pagamento online PayPal, que, além de aceitar cartões, tem o próprio modelo de moeda virtual, processou 145 bilhões de dólares em 2012.
“Os bitcoins só vão ser úteis se todo mundo adotá-los, como qualquer moe­da”, diz Rodrigo Azevedo, ex-diretor de Política Monetária do Banco Central. “Por enquanto, é apenas uma moda.” A maior preocupação dos entusiastas do bitcoin hoje é tentar conter o uso da moeda em atividades ilícitas.
Em outubro, o FBI fechou a loja virtual The Silk Road, que vendia drogas e documentos falsos pela internet e recebeu cerca de 1,2 bilhão de dólares somente em ­bitcoins. Em março, os Estados Unidos incluíram administradores e casas de câmbio de moedas virtuais na lista de empresas que devem se registrar no Departamento do Tesouro.
“Focamos a regulação de instituições, e não o usuário, porque esperamos que elas participem da proteção do sistema”, diz Jennifer Calvery, diretora do departamento que cuida de crimes financeiros do Tesouro americano.
Apesar de o bitcoin ser apontado como um sistema financeiro inovador, a ideia de ter um controle descentralizado não é nova. Até o século 17, eram os bancos privados que emitiam moedas. De lá para cá, a evolução da economia e do comércio levou à criação de bancos centrais para evitar os frequentes períodos de instabilidade. O histórico desde então tem sido positivo.
“Durante todo o século 20 e o começo do século 21, tivemos apenas duas crises de grandes proporções, em 1930 e em 2008. O sistema tradicional tem sido, de longe, o mais eficiente”, diz Alexandre Schwartsman, ex-diretor de assuntos internacionais do Banco Central. Sem uma instituição que estabilize os preços, moedas como o bitcoin ficam à mercê da especulação, tornando-se um ativo de alta volatilidade. Foi o que ocorreu em abril, quando o preço do bitcoin caiu pela metade sem motivo aparente.
Por enquanto, isso parece não assustar parte dos investidores. Os irmãos Tyler e Cameron Winklevoss, famosos por acusarem Mark Zuckerberg de ter roubado deles a ideia da rede social Facebook, pediram em julho autorização para criar um fundo negociado em bolsa cujas cotas variam conforme o valor dos bitcoins.
“Queremos que as pessoas comprem bitcoins de maneira tão simples quanto uma ação da ­Apple”, diz Cameron. Outro fundo, com 8,2 milhões sob gestão, foi lançado em setembro no SecondMarket, bolsa americana que negocia ativos de alto risco. Alguns economistas gostam de comparar o bitcoin ao ouro: é algo difícil de conseguir e que está sendo usado como uma reserva de valor alternativa. O problema é que — virtual e sem autoridade monetária — o ouro eletrônico pode virar latão.
EXAME
submitted by allex2501 to BrasilBitcoin [link] [comments]

**A moeda vitual Bitcoin quebra a marca dos mil dólares**

O valor de um único bitcoin ultrapassou US$ 1.000 (£ 613), pela primeira vez, de acordo com MtGox, um dos principais mercados da moeda virtual.
Valor do Bitcoin tem aumentado rapidamente desde uma audiência do comitê do Senado dos EUA, no início deste mês.
A confiança cresceu após a comissão ter descrito as moedas virtuais como um "serviço financeiro legítimo".
O Bitcoin se tornou popular em parte devido ao fato de ser difícil de rastrear transações.
A moeda está muitas vezes ligada à atividade ilegal online.
Os clientes que utilizam a Rota da Seda - um site de venda de drogas ilegais que foi fechado no mês passado – teriam pago por bens usando Bitcoin.
Muitos tiveram medo de que a repressão faria com que o valor despencasse, mas a crescente confiança de que as autoridades reguladoras não buscariam proibir a moeda iminentemente permitiu ver seu preço subir.
Os entusiastas dizem que é uma forma altamente eficiente de lidar com transferências monetárias globais.
"Tem sido incrível assistir o Bitcoin ir de zero a U$ 1.000 em apenas cinco anos", disse Mike Hearn, um desenvolvedor Bitcoin.
"É fácil esquecer que o verdadeiro valor do Bitcoin não está em uma taxa de câmbio arbitrária, mas em sua capacidade de permitir novas aplicações e serviços que não são possíveis com redes de pagamento de hoje."
Audiência no Senado
A audiência do Senado dos EUA no início deste mês foi motivada pelo fim da Rota da Seda.
Representantes do Departamento de Justiça e da Comissão Bancária de Títulos e Câmbios foram convidados a apresentar as suas opiniões sobre as moedas virtuais para o comitê, e vem sido recebidas cartas de reconhecimento do FBI e do Banco Central dos EUA.
"Moedas virtuais, talvez mais notavelmente o Bitcoin, tem capturado a imaginação de alguns, colocado medo em outros, e confundiu o resto de nós pra danar", disse o presidente do comitê, senador Thomas Carper, no discurso de abertura.
O FBI, em uma carta ao comitê, disse reconhecer que as moedas virtuais têm oferecido "serviços financeiros legítimos", mas que poderiam ser "exploradas por usuários mal-intencionados".
Mythili Raman, o chefe da Divisão Criminal do Departamento de Justiça, disse à comissão: "Temos visto aumento do uso de tais moedas por traficantes de drogas, traficantes de pornografia infantil, e autores de esquemas de fraude em grande escala".
Mas o Bitcoin, lentamente, começa a ser usado para outros fins mais legítimos.
Em outubro foi aberto o primeiro caixa eletrônico Bitcoin em Vancouver, Canadá - a máquina permite aos usuários trocar bitcoins por dinheiro e vice-versa.
Embora um bitcoin inteiro possa valer mil dólares, é possível pagar por bens usando frações de bitcoins.
Por exemplo, o site pizzaforcoins.com oferece duas pizzas por 0,02160 bitcoins.
Flutuações Selvagens
O valor do Bitcoin tem flutuado ao longo do último ano. Em janeiro, ele foi negociado a cerca de U$ 20.
Em abril, uma venda em massa provocou a queda do valor de um bitcoin de 260 dólares para 130 dólares em apenas algumas horas. O mercado MtGox disse que havia feito um grande esforço para lidar com um entrada repentina e "bastante surpreendente" de novos usuários.
A moeda virtual também foi rapidamente adotado na China, onde um mercado - o BTC China - é dito ser o mais ativo no mundo.
Uso de Bitcoin na China tem sido atribuído ao fato de ser uma forma eficaz de conseguir dinheiro de forma confiável fora do país.
Vários mercados de Bitcoin foram criados em todo o mundo, com o MtGox sendo o mais proeminente.
Normalmente, cada mercado vai mostrar um valor diferente - isto é devido à dificuldade em trocar bitcoins por moeda real, um processo que pode exigir a transferência de fundos através de vários bancos em diferentes países. Cada banco provavelmente iria cobrar uma taxa para essas transações.
A volatilidade do Bitcoin tem feito com que alguns não se refiram a ele como uma "moeda" de verdade, mas, em vez disso o vêem como um estoque ou mercadoria.
Como o Bitcoin Funciona
Bitcoin é muitas vezes referido como um novo tipo de moeda.
Mas pode ser melhor pensar em suas unidades como sendo fichas virtuais em vez de moedas ou notas físicas. No entanto, como toda moeda, seu valor é determinado pela quantidade de pessoas que estão dispostas a trocá-la.
Para processar transações de Bitcoin, um procedimento chamado de "mineração" deve ocorrer, o que envolve um computador resolvendo um problema matemático difícil com uma solução de 64 dígitos.
Para cada problema resolvido, um bloco de bitcoins é processado. Além disso, o minerador é recompensado com novos bitcoins .
Isto fornece um incentivo para as pessoas fornecerem poder de processamento de seus computadores para resolver os problemas.
Para compensar o crescente poder de processamento dos computadores, a dificuldade dos quebra-cabeças é ajustada para garantir um fluxo constante de cerca de 3.600 novos bitcoins por dia.
Existem atualmente cerca de 11 milhões de bitcoins.
Para receber um bitcoin um usuário deve ter um endereço Bitcoin - uma série de 27-34 letras e números - que atua como uma espécie de caixa de correio virtual para o qual os bitcoins são enviados.
Como não há registro desses endereços, as pessoas podem usá-los para proteger seu anonimato ao fazer uma transação.
Esses endereços são por sua vez armazenados em carteiras Bitcoin que são usados para gerenciar as reservas de bitcoins.
Eles funcionam como contas bancárias de gestão privada - com a ressalva de que, se os dados são perdidos, os bitcoins também o são.
Análise de Rory Cellan-Jones, correspondente de tecnologia
Tem sido um ano extraordinário para a moeda, o que atrai discípulos e odiadores em quantidades semelhantes.
Em janeiro, quando apenas uma banda dedicada de libertários e uber -geeks sabia mais sobre ele, um bitcoin valia menos de US $ 20 - mas quando as pessoas começaram a escrever sobre suas vantagens , o valor aumentou.
Então, em outubro, quando o FBI fechou a Rota da Seda - o mercado de drogas on-line onde Bitcoin foi o principal meio de troca -, e ele caiu em mais de 20% em poucas horas.
Mas na semana passada foi dado o selo de respeitabilidade quando uma audiência do Senado dos EUA ouviu depoimentos brilhantes sobre o seu potencial, com funcionários da administração do presidente Barack Obama, comparando os seus méritos com os da internet.
Existe agora um crescente conhecimento e interesse no Bitcoin entre os funcionários responsáveis pela aplicação da lei, entidades reguladoras e economistas. E, embora ainda haja muito ceticismo sobre a sua segurança, a ideia de uma moeda virtual para a internet criou raízes.
Mas os investidores devem ficar atentos - qualquer um que entrar na onda pode ter garantido um crescimento instável.
Original em: http://www.bbc.co.uk/news/technology-25120731
Traduzido por Sarah Alexandre
submitted by sa_rah to BrasilBitcoin [link] [comments]

¿El valor de Bitcoin aumentará a 30.000 $ o descenderá hasta 1.000 $ ?

¿El valor de Bitcoin aumentará a 30.000 $ o descenderá hasta 1.000 $ ? submitted by Crypto-Economy to CryptoeconomyES [link] [comments]

O Valor alvo para o Bitcoin não é $1,000 ou $5,000. É de $100,000 a $1,000,000.

Sobre o valor futuro do Bitcoin, muitas pessoas estão confusa sobre o fato do bitcoin subir mais de 1000% desde o começo do ano ( 2013 ). Atualmente está em $1.100 dólares e está subindo rápido, eu vejo pessoas apenas olhando para os números e tentando apenas adivinhar aonde as coisas vão parar.
Eu vejo palpites de $1,000, $2,000, mesmo $5,000. Estes números aparecem soltos no ar por pessoas que estão apenas olhando tabelas dentro da sua casa no ar condicionado. Ninguém parece estar olhando para o outro lado, o principal lado que deve ser observado:
Bitcoin é uma moeda de transação. Como tal, ela deve competir no mercado como uma moeda de transação.
Falar sobre o valor de bitcoin, não é olhar os gráficos subindo ficar feliz e comer pipoca. Falar sobre bitcoin é sobre identificar a potência de mercado, devemos olhar o tamanho do mercado alvo baseado nas forças e nas fraquezas dos produtos e serviços concorrentes para que possamos fazer esta análise.
Quando você conhece o tamanho do mercado, e tem uma estimativa da sua participação no mercado alvo, você pode estipular o valor do produto ou serviço pela porcentagem de participação no mercado alvo.
O tamanho total das transações de mercado é difícil de se estipular, mas tem se falado em algo em torno de $ 60 trilhões de dólares ( esta seria o total de dinheiro em circulação no mundo ). Baseado em minhas estimativas e de outros colegas, acredito que o bitcoin seja capaz de captar de 1% a 10% da participação deste mercado.
O valor mais baixo, 1%, seria se ele captura-se somente o mercado da internet. Os 10% seria se o bitcoin capturasse algum mercado específico, como pagamentos de petróleo, gás, etc. Onde vemos indícios fortes que podem acontecer - Essas operações poderiam ter de 3% a 5% de lucro extra se cortassem as transações através de bancos que intermediam o processo: esses 3% ou 5% poderia acrescentar 100% ao lucro destas empresas, uma vez que trabalham com margem de lucro bem magras.
Além disso, algumas pessoas vão, sem dúvida, investir em bitcoin e manter sua parte de bitcoin longe do mercado, como todas as pessoas tendem a acumular dinheiro se forem capazes disso. Isso diminui a quantidade de bitcoin que deve ser disponível ao mercado. Com uma estimativa grosseira, vamos supor que apenas 1 em cada 4 bitcoin é realmente usado em transações de mercado, e os demais estão em algum tipo de poupança ou plano de investimento.
Isso nos leva a uma parcela de mercado de 600 bilhões a 6 trilhões de dólares, caso tenhamos 6 milhões de bitcoin disponível para o mercado. Isso significa que cada bitcoin seria valor de $100,000 no mercado de baixa a $1,000,00 no mercado de alta.
A luz desta explicação, as projeções atuais de $1000 dólares que apresentam como "ousada e otimista", na verdade, são bastante míopes.
Então essa participação de mercado que eu desenvolvi é realista? Bitcoin certamente tem obstáculos a superar - a escalabilidade e a usabilidade sendo dois deles - mas que tem feito muito bem nesses dois anos que eu venho olhando para ele, se mostra uma moeda madura. Minha previsão, é de um avanço dominante para a maior parte da população do mundo em 2019, mas isso ainda depende de conseguir usabilidade geral para a maioria das pessoas; o valor máximo de bitcoin talvez aconteça uma década depois que o bitcoin chegue a maioria das pessoas, assim como toda tecnologia, leva 10 anos para passar do popular para a maturidade.
Por último, gostaria de deixar claro que há incertezas nesta projeção e seu pressuposto - mas esta projeção é capaz de indicar que tipo de negócio estamos falando.
*Texto do Autor Rick Falkvinge, traduzido livremente para o português por Paulo Fiorio no blog http://btcnewsbrasil.blogspot.com.b, o artigo original se encontra no link: http://falkvinge.net/2013/03/06/the-target-value-for-bitcoin-is-not-some-50-or-100-it-is-100000-to-1000000/. Caso queira copiar o artigo para o seu blog, não deixe de copiar as referências do artigo original e do artigo traduzido.
** O autor do blog acredita que o Bitcoin ainda vai crescer muito, considerando isso, ainda estamos praticamente no marco zero do Bitcoin, o Bitcoin vai aumentar muito de valor quando atingir grandes mercados como Rússia, Índia, Bangladesh, Indonésia, enfim não existe fronteiras para o Bitcoin.
*** Se você acredita que o Bitcoin pode subir a esses valores, não deixe de clicar nos sites que dão pequenas quantidades de Bitcoin de graça: http://btcnewsbrasil.blogspot.com.b2013/11/como-ganhar-bitcoins-free-os-sites.html
Gostou? Compartilhe o artigo e contribua com uma pequena quantia de Bitcoin para o endereço 1GZAoeA7A16AZUv6BTJKdrMPXcdnVYpjom para que possamos continuar realizando o trabalho de traduções de artigos, vídeos e notícias interessantes a toda comunidade Brasileira de Bitcoins aqui no blog. Obrigado.
submitted by PauloFiorio to BrasilBitcoin [link] [comments]

[#73 Score:1 Comments:0] - #VIDEO El valor real de Bitcoin y la tecnología de criptomoneda #blockchain #technology

submitted by Removal_Rover to remove [link] [comments]

Após começar a usar criptomoedas, meu entendimento sobre a natureza de uma moeda mudou radicalmente

Antigamente eu achava que pra algo funcionar como moeda, era necessário pelo menos uma das seguintes condições:
1- Que o item a ser usado tivesse algum valor intrínseco ou "utilidade" além do uso como moeda (Ex: mercadorias, metais preciosos).
2- Que algum agente estatal impusesse pela força a aceitação do item como moeda (curso forçado e poder liberatório).
Após começar a usar as criptomoedas, e após pesquisar sobre o assunto, mudei minha opinião e hoje acredito que QUALQUER coisa que atenda a alguns critérios práticos* possa ser usada como moeda, mesmo que essa coisa não tenha utilidade alguma além do uso próprio como moeda ou não tenha um agente estatal lhe "garantindo".
*Os critérios práticos são:
1- Precisa ser incomum o suficiente para ter valor, mas não tão incomum a ponto de seu uso ser impraticável para trocas comerciais do dia-a-dia (isso exclui moedas de ferro ou de neodímio).
2- Não pode ser algo fácil de copiar. (isso exclui notas de papel sem sofisticação)
3- Precisa ser divisível ou fracionável. (isso exclui gado, móveis domésticos, etc)
4- Precisa ser portátil. (exclui gado, móveis domésticos, granito, etc)
5- Não pode ser perecível, precisa ser durável. (isso exclui alimentos).
Entretanto, ao longo da História, diversos itens que não atendiam ao nosso entendimento atual de "moeda" foram usados, inclusive alguns que não atendem a todos os critérios práticos acima citados.
Alguns exemplos:
A- Sementes de cacau eram usadas como moeda pelos astecas. O cacau nativo é uma planta relativamente exigente e pouco produtiva, logo as sementes não eram tão abundantes assim. O cacau servia para a produção de uma bebida muito apreciada pela nobreza asteca, com tradições religiosas associadas, logo era algo muito demandado (portanto era algo com "liquidez", sem trocadilhos kkkkk). Sementes de cacau secas são relativamente duráveis. Ocorria falsificação de sementes de cacau, com o falsário inserindo barro no lugar do miolo da mesma.
B- Na época das Grandes Navegações, muitas sociedades africanas usavam conchas marinhas como moeda. Não sei dizer ao certo se essas conchas tinham alguma "utilidade" para enfeite e ostentação, mas eram bem demandas. No relatório sobre as Capitanias Hereditarias de Ilhéus e Porto Seguro, é citado que o litoral tinha essas conchas em abundância e que elas poderiam ser trocadas por ouro, escravos e outras mercadorias na África.
C- Quando os espanhóis conquistaram o Império Inca e mantiveram Atahualpa como refém, exigindo uma sala lotada de ouro como resgate, os incas não entendiam direito porque os espanhóis amavam tanto o ouro. Para eles, ouro era apenas um enfeite, tão valioso quanto flores ou penas de algumas aves. Há uma frase atribuida a Atahualpa onde ele pergunta aos espanhóis algo como "por que vocês querem tanto ouro se nossos vales estão cheios de flores belas?".
Enfim, algo ser moeda envolve requisitos práticos e CULTURA. Em algum momento, as pessoas de algum lugar começam a usar um item para trocas, esse item fica culturalmente estabelecido como algo "líquido", ou seja, algo que o possuidor tem certeza que será aceito por todos os demais em troca de mercadorias. As criptomoedas atuais são assim, com o bitcoin sendo a mais valorizada por ter mais "tradição".
submitted by ssantorini to brasilivre [link] [comments]

¿Qué pasó ayer con UniSwap? No entiendo nada, ¿cómo es posible que regalaran dólares?

Buenas tardes, gente.
Básicamente, lo que dice el título. Me desperté esta mañana con la noticia de que muchas personas ganaron entre 1200usd y 15000usd por haber hecho un par de transacciones con UniSwap.
No estoy muy metido en el mundo de las cryptos, lo único que conozco es Bitcoin y Ethereum, con las cuales nunca operé. Imaginense que no tenía idea de que existiera UniSwap.
Bueno, el tema es el siguiente, durante todo el día me llegaron posts en Facebook e Instagram de TronLink Pro, otra Crypto. En donde supuestamente hay que registrarse y te dan créditos.
¿Qué onda con esto? ¿Ustedes creen que puedan llegar valer algo esos créditos en unos meses? ¿Es seguro registrarse? ¿O te roban los datos?
El mensaje siempre es el mismo:
"Si aprovechaste la oportunidad de los 400 UNI de UniSwap, hay otro Airdrop prometedor, TronLink Pro. Te dan 300 créditos con sólo registrarte. Paso 1: Descargar TronLink Pro en la app store. Paso 2: Crear una cuenta Paso 3: Luego de crear la cuenta, selecciona "Me" en el panel inferior. Paso 4: Seleccionar Invite a Friend Paso 5: Selecciona Claim Rewards e introduce el código 9Fbs y recibiras los 300 créditos. Los cuales podrían valer 50usd, 100usd o 500usd. Así sean 100usd, ya es ganancia por sólo dos minutos que te toma registrarte."
No se, me parece sospechoso. Pero, por otro lado, me sentiría medio tonto si me entero en unos meses que esos "créditos" tenían valor....
Gracias, gente!
submitted by lucheau to Paraguay [link] [comments]

[Torneo de truco]

Participantes: 16
Premio: 3 lucas en bitcoins al 1ro, 1 luca en bitcoins al 2do (3 mil y mil pesos argentinos en su valor en bitcoins al momento del pago, no que les voy a dar 3 mil bitcoins, eso serían más de 27 millones de dólares por un torneo gratuito de Truco)
Valor de la inscripción: Gratuita
Fecha y lugar de inscripción: Acá abajo
Forma de inscripción: Escribí lo que quieras, un sólo comentario por usuario (uno inicial, pueden responder la cantidad de cosas que quieran mientras no spameen a lo tarado)
Antigüedad mínima del usuario: Anterior al 30 de junio (inclusive)
Selección de jugadores: Sábado 23:59hs voy a abrir este post, los 8 con más upvotes van a un lado, los 8 con más downvotes van al otro lado. Juegan entre ellos y la final es entre el ganador de cada bolsa.
Fecha y lugar de juego: Mundijuegos, voy a tratar de avisarles a todos los ganadores por privado para que me pasen sus usuarios de Mundijuegos.
La idea es que arranquen todos a las 12hs del domingo y se puedan a poner a jugar cómodos, con los tiempos propios del juego y demás, un tercero va a preparar un fixture medio improvisado así van a tener un set de reglas para seguir. Voy a tratar de ir viendolos pero al principio van a ser muchos partidos, así que les voy a pedir que tengan habilitado todo para espectadores y saquen pantallazos de las partidas una vez finalizadas. Le pueden sacar una foto con el celular mientras se entienda, pero la verdad es que tenés un botón llamado Impr Pant PetSis en el teclado que hace maravillas.

Se juega sin flor.



Edit: Esta es la Llave de los upvotes, y por acá los otros

Mandenme por privado después sus nombres de usuarios y mañana la mediodía les voy diciendo contra contra quién juegan por allá. Nos vemos

Edit: me desperté sin internet pero voy a tratar de hacer un post con el celu y etiquetar a todos, tenganme paciencia
submitted by Croxilade to argentina [link] [comments]

¿Es posible depositar dinero de criptomonedas como Bitcoin a una cuenta bancaria en Honduras?

Tengo bastante familia en Honduras y desde que primero escuche de Bitcoin me he preguntado si uno lo podría utilizar para enviar remesas a un costo muy por debajo de Western Union, Moneygram, etc. pero desafortunadamente todavía no miro ningún servicio de envió de crypto que funciona para enviar a Honduras (para México y otros países parece que ya existen varios).
Así que mi pregunta es si alguien sabe si es posible conectar una cuenta de banco hondureño a alguna plataforma de intercambio ("exchange" en ingles) o cartera de criptomonedas? Por ejemplo aquí en los Estados, uno puede sacar bitcoin de su cartera de crypto y depositar el valor equivalente en dólares a su cuenta bancaria. Sería posible hacer lo mismo en Honduras (sea con cuenta de lempiras o dolares)?
submitted by techfz to Honduras [link] [comments]

BITCOIN HOJE EM DÓLAR  Valor do Bitcoin em USD Hoje Para Comprar e Vender 2019 AÑO para COMPRAR BITCOIN/ Valor Real y UTXO +1 año ... el valor del bitcoin QUANTO VALE 1 BITCOIN? One Dollar or One Bitcoin  College Students Asked What ...

Valor do Bitcoin Hoje, Cotação e Preço do Bitcoin Hoje e em tempo real. Comparar preço do Bitcoin entre todas as exchanges . Disclaimer: O conteúdo deste site é exclusivo para fins informativos e não constitui uma solicitação, oferta, consultoria, recomendação ou sugestão de investimento em criptoativos e/ou similares.A UC TECNOLOGIA LTDA não se responsabiliza pela publicação ... The world’s first cryptocurrency, Bitcoin is stored and exchanged securely on the internet through a digital ledger known as a blockchain. Bitcoins are divisible into smaller units known as satoshis — each satoshi is worth 0.00000001 bitcoin. ¿A cuánto está el Bitcoin?Es una pregunta que cada vez más es muy común escuchar. Y lo paradójico es que tenemos más precisión del valor de este activo digital en dólares, que cuando se ... La realidad es: determinar el valor verdadera de 1 Bitcoin es pura especulación. Para muchos, representa pura ganancia. Y la prueba está en que los expertos que te enseñarán a ganar dinero o invertir en Bitcoin aceptan pagos en dólares, euros, pesos o monedas fiat, no en Bitcoin. Valor de 1 Bitcoin hoje. Jose Alfredo de Oliveira Neto dezembro 14, 2017. O Bitcoin é uma moeda digital que tem variação de valor a todo momento. De acordo com o volume de compra e venda do mercado, a cotação do BTC pode variar para cima ou para baixo em segundos. Cotação BTC.

[index] [7244] [516] [4263] [5449] [5984] [5913] [115] [10426] [6120] [4205]

BITCOIN HOJE EM DÓLAR Valor do Bitcoin em USD Hoje Para Comprar e Vender

Los inversionistas y Hodler han superado el máximo histórico de acumulación de Bitcoin, los indicadores y la historia dice que 2019 es el año para ello Fuent... MWC: https://bit.ly/MWCbilgilinki Bedava Ledger için form doldur: https://bit.ly/LedgerTemmuzCekilisineKatil 01:33 BITCOIN ŞİMDİ NE OLACAK 02:26 BTC'DE FENA ... Você sabe quanto vale 1 Bitcoin? Como funciona o processo para definir esse valor? Assiste aê que o Andre te explica! Acompanhe 📲 Facebook: https://t.co/V0hY... Like the Bitcoin Moon Tee?! Check Out Our Merchandise Here https://www.capitalcreators.io/new-products Join Our Community For Free, Get Involved In the Conve... ¿Cuál es el valor intrínseco de Bitcoin?-¿Por qué es valioso Bitcoin? - Duration: 14:38. Cripto Esfera 4,483 views. 14:38.

http://arabbinary-option.forexonlinetrading.pw